Como conseguir tráfego para o meu site?

Como conseguir tráfego para o meu site?

Como conseguir tráfego para o meu site? Esta talvez seja a pergunta que eu mais ouvi nestes quase 10 anos online.

Não existe uma resposta fácil. Também não existe somente uma resposta certa.

Antes de começar a falar sobre como conseguir tráfego, vou falar sobre o que não funciona.

Quero deixar bem claro que não existe fórmula mágica para obter tráfego, pelo menos tráfego qualificado. Tráfego demanda dinheiro ou tempo e trabalho; ponto final. Quem disser ao contrário está mentindo. Ferramentas mágicas não funcionam, e eu já testei muitas, e todas que eu vi até hoje só trazem tráfego desqualificado. Não adianta comprar uma lista com zilhões de emails, o retorno é baixíssimo, se houver retorno. Não pratique spam.

Tráfego é o maior desejo de todos os que possuem sites, blogs e negócios na Internet.
Por isso é tão valioso.

Então, como conseguir tráfego para seu site ou blog? Não existe somente uma resposta certa para a sua pergunta, mas vou passar aqui um resumo da minha experiência.

Esteja preparado, pois a realidade é simples, mas é dura!

Mais do que a quantidade do tráfego, você deve se preocupar com a qualidade do tráfego. 1 milhão de visitas de pessoas que não estão interessadas no que você tem a vender não serve de nada, tenha certeza disso. 100 visitas de pessoas interessadas no seu produto ou serviço é bem melhor do que 1 milhão de pessoas não interessadas, observou a questão?

Para o tráfego pago, você tem o Google Adwords e Facebook como principais fornecedores. Existem outros em menor escala como o UOL por exemplo. Basta você abrir uma conta de anunciante e colocar o seu anúncio nestas plataformas. Esteja bem atento ao retorno sobre o investimento em anúncios pois com o tráfego pago você pode gastar mais (bem mais!) do que arrecada.

A melhor opção de tráfego gratuito é o tráfego vindo das ferramentas de busca. É um tráfego qualificado e na enorme maioria das vezes já está interessado no que você tem a dizer ou vender. Existem algumas outras ferramentas de tráfego gratuito. Funcionam, mas leva tempo e o retorno é baixo. Veja dicas no final do post.

Mas sabemos que o tráfego gratuito depende do posicionamento do seu site nas ferramentas de busca e que se você está alem das 10 primeiras posições é muito difícil conseguir que o buscador clique no link do seu site. Infelizmente este posicionamento está nas mãos das ferramentas de busca e depende de critérios objetivos e subjetivos destas ferramentas.

Mas como conseguir as primeiras posições nas ferramentas de busca?

Como conseguir tráfego gratuito para o meu site?O posicionamento do seu site nas ferramentas de busca, como o Google principalmente,  vai depender do conteúdo criado baseado em  determinadas palavras-chave. Para que o Google “goste” do seu site e o posicione nas primeiras linhas das buscas você precisa criar um conteúdo envolvente e inovador.  Acredite, criar este tipo de conteúdo não é uma tarefa fácil.

É certo que existem outros critérios, mas cada vez mais o Google e outras ferramentas de busca estão privilegiando o conteúdo para ordenar as respostas das buscas.

Então a palavra mágica para o tráfego gratuito é conteúdo. Seja ele em vídeo (Youtube), texto, imagens, infográficos, apresentações de slides ou áudio. O importante é ter conteúdo para que os mecanismos de busca “gostem” do seu site e o posicionem nas primeiras linhas das buscas.

 

Para gerar conteúdo você tem dois caminhos: Produz você mesmo e gasta seu tempo ou paga para alguém produzir para você. Com este raciocínio eu poderia dizer que na verdade só existe o tráfego pago… Ou você paga com seu tempo ou você paga com dinheiro.

Eu poderia dizer que, na verdade, só existe o tráfego pago: Ou você paga com seu tempo ou você paga com dinheiro.

De qualquer forma é importante reter pelo menos uma parte (a maior parte possível) dos seus visitantes para que você possa trazê-los novamente ao seu site quando tiver novos conteúdos. Esta é a importância de capturar os emails das pessoas que visitam o seu site. Sabe aquelas caixinhas que pedem o seu nome e email em troca de alguma coisa? Pois é, é para isso que elas servem. A melhor forma de gerenciar os emails capturados é através de um Autoresponder. A lista de contatos é o maior ativo de quem trabalha com marketing digital. Você ainda vai ouvir muito dizerem que “o dinheiro está na lista”. É verdade, mas é preciso trabalhar a lista e criar um relacionamento com ela para que isso seja realmente verdade.

Uma página de fãs no Facebook também é uma forma de obter tráfego gratuito, mas também tem que ter conteúdo senão ninguém vai visitá-la. Quando as pessoas curtem a sua Fanpage se tornam seus fãs e cada vez que você publica um novo post, automaticamente uma parte (hoje uma pequena parte) dos seus fãs ficam sabendo do seu novo post, o que pode gerar visitas para o seu site. Mas a melhor estratégia é capturar os emails dos seus fãs para o sua lista de contatos.

Links que podem ajudar:

Autoresponder:

Acredite, esta é uma ferramenta indispensável se você deseja ter sucesso no mundo online. Eu nunca ouvi falar de alguém que conseguiu ter sucesso na Internet sem ter um Autoresponder e uma lista de contatos.

Veja Este Post que reúne as informações mais importantes sobre Autoresponder.

Outras Ferramentas de Tráfego Gratuito:

Não é de muito retorno, mas se você não tem dinheiro para pagar pelo tráfego é um caminho. Como o tráfego não é qualificado, você tem que usar ferramentas para filtrar o tráfego, como páginas de captura e páginas de carregamento rápido (splash pages), para selecionar só quem está interessado no seu produto ou serviço.

Cadastre-se no curso de divulgação gratuita da Web-compras.com na coluna esquerda da página principal do site.

Mais informações sobre as ferramentas de Tráfego Gratuito estão Neste Post.

Tráfego Pago

Facebook:

Uma página de fãs no Facebook, a famosa Fanpage, também pode ajudar muito a conseguir tráfego gratuito e até mesmo baratear o tráfego pago. Para ser efetiva a Fanpage deve ser alimentada com informações importantes para o seu público alvo para que as pessoas curtam o seu conteúdo e gere o tão sonhado tráfego gratuito.

O novo algoritmo do Facebook limitou o alcance dos seus posts a menos de 10% das pessoas que curtiram a sua página. Assim, mesmo que você tenha muitas curtidas, o alcance do seus posts está bem limitado. Isto, é lógico, é uma maneira de forçar você a comprar propaganda no Facebook.

Veja mais algumas dicas sobre o facebook para ajudar a aumentar as visualizações dos seus posts.

http://web-compras.com/passe-a-ver-o-facebook-de-outra-forma/

http://web-compras.com/aumente-em-ate-600-suas-visualizacoes-de-posts-no-facebook/

Google Adwords:

O Google Adwords é a mais famosa e efetiva fonte de tráfego pago, na minha opinião. Por ser a maior ferramenta de buscas do mundo, o Google concentra grande parte do tráfego mundial neste segmento.

O importante do tráfego do Google é que é um tráfego qualificado, pessoas interessadas no que você está anunciando.

Infelizmente, comprar tráfego do Google não é para todo mundo. Por seu alto custo, não é qualquer campanha de anúncios que trará resultados financeiros positivos. Será necessário experiência, muito teste e persistência para conseguir uma campanha que tenha um ROI (retorno sobre o investimento) positivo.

http://web-compras.com/google-adwords/

Conclusão:

O melhor é mesclar um pouco de cada fonte de tráfego. Use o tráfego pago para capturar os emails dos seus visitantes e gerar tráfego gratuito através de mais conteúdo. Parece simples, mas demorei vários anos para entender que este é um caminho que gera resultados (estou nesta luta desde 2006), pelo menos é o que tem dado certo para mim.

Observe detalhes do site http://www.web-compras.com e também do http://corpoesaude.web-compras.com para ver como coloquei isso em prática.

Opa, falei demais. Resumindo…

 

Tráfego nunca é de graça.

Ou você paga com dinheiro ou paga com seu tempo.

Você deve gastar o que é mais barato para você. 

Ferramentas mágicas não funcionam. 

 

Aprenda sempre, aja todo dia.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *